A jornada das mulheres em cursos e licenças no Futebol

João Vítor conversa com as pesquisadoras, Karen Guimarães e Júlia Barreira da Unicamp que identificaram como é a jornada das mulheres em cursos e licenças no Futebol.

Karen Guimarães e Júlia Barreira, pesquisadoras da Unicamp, têm se dedicado a estudar a jornada das mulheres em cursos e licenças no futebol, com o objetivo de entender os desafios e as barreiras enfrentadas por elas nesse ambiente predominantemente masculino. Em sua conversa com João Vítor, elas compartilham as principais descobertas de sua pesquisa, fornecendo insights valiosos sobre a realidade das mulheres que buscam uma carreira no futebol.

Conforme as pesquisadoras, a jornada das mulheres em cursos e licenças no futebol é marcada por desigualdades estruturais e preconceitos arraigados. Elas observaram que, apesar do crescente interesse das mulheres em se profissionalizar no esporte, elas enfrentam dificuldades para ingressar e se manter nesse meio. Barreiras culturais, estereótipos de gênero e falta de representatividade são alguns dos principais obstáculos que as mulheres encontram ao buscar educação e licenças no futebol.

Acompanhe também no Spotify

Ouça também no Apple Podcasts: