Cuiabá implementa aparelho que avalia a hidratação dos atletas pela saliva

Nesta semana, o Núcleo de Saúde e Performance do Cuiabá anunciou a aquisição de um aparelho chamado MX3, que mensura a hidratação dos jogadores por meio da saliva, agilizando assim, o fluxo de informações e otimizando o monitoramento fisiológico dos atletas do clube.

A aquisição do MX3 representa mais um investimento do clube para fortalecer o Núcleo de Saúde e Performance, com o objetivo de fornecer condições aprimoradas de treinamento, prevenção e tratamento aos atletas, impactando diretamente em seu desempenho esportivo.

Essa agilidade no monitoramento da hidratação do jogador também ajuda a melhorar as decisões do setor de nutrição, a fim de otimizar a recuperação e, consequentemente, contribuir para o desempenho em campo.

Segundo, Rafael Costa,  nutricionista do Cuiabá, “o MX3 é um aparelho que permite fazer avaliação simplesmente com a coleta da saliva. É um processo simples, rápido e extremamente funcional. Em segundos é possível ter o resultado do nível de hidratação dos atletas. Cuiabá é uma cidade muito quente e com baixa umidade, então esse é um cuidado que precisamos sempre estar atentos”. 

Além disso, o MX3 é mais prático e menos invasivo. Anteriormente, uma das maneiras de mensurar a hidratação era através da coleta de urina. Com o uso do novo recurso, o “equipamento agrega muito, por ter mobilidade para fazer o teste em qualquer lugar”, disse o nutricionista.

Veja aqui como o aparelho é utilizado: