Publicado em

Futebol por Streaming: uma nova forma de assistir

Por muitos anos, os torcedores não precisavam procurar muito sobre onde o jogo do seu time do coração seria transmitido. Alguns canais abertos como Globo ou Band, e canais fechados, como ESPN, Sportv ou Premiere, detinham os direitos de transmissão para jogos nacionais e internacionais. No entanto,  com o surgimento das plataformas de streaming, atualmente a situação mudou. Mas o que é streaming?

O que são plataformas de streaming?

Streaming é a tecnologia de transmissão de dados pela internet, principalmente áudio e vídeo, sem a necessidade de baixar o conteúdo. O acesso ao arquivo pelo usuário é de forma online, seja por aparelho de celular, computador ou smartv. O detentor do conteúdo transmite o vídeo da partida pela internet e esse material não ocupa espaço no computador ou no celular. A diferença para TV, é o acesso do consumidor ser exclusivamente pela internet, ou seja, pode ser acessado por qualquer dispositivo, enquanto os canais de TV transmitem sinais via satélite com acesso apenas pela TV.

Entendendo isso e sabendo da maior disponibilidade de plataformas e canais, o formato de consumo de conteúdo vem sofrendo mudanças há algum tempo, e com o futebol não está sendo diferente. Obviamente, a entrada do streaming no universo esportivo iria acontecer em um futuro próximo, porém a pandemia acelerou esse processo. De acordo com um estudo do CumpomValido, o Brasil é o segundo país que mais consome serviços de streaming.

Com maior facilidade de transmissão, só no ano passado os direitos de transmissão dos jogos de Futebol no Brasil sofreram alterações. Os times mandantes conseguiram o direito de negociar e transmitir suas partidas de acordo com seus interesses, escolhendo quais mídias teriam os direitos. Este é um cenário que será mais comum em outras oportunidades, como vimos na Copa do Mundo.

Copa do Mundo no Youtube

Em 2022, ano de Copa do Mundo, a expectativa de grande audiência era alta, assim como em todas as copas anteriores. O diferencial deste ano, foi que além dos direitos de transmissão da TV aberta e fechada, pela Globo e Sportv, tivemos também a “digitalização” de acesso a jogos de futebol com a transmissão pelo Youtube e Aplicativo. O canal “CazeTV” do icônico Casimiro, deteve o direito de transmissão da FIFA para alguns jogos da Copa no Youtube, e atingiu mais de 5 milhões de inscritos no canal, além de bater o recorde de audiência ao vivo na história do Youtube com mais de 6 milhões de acessos simultâneos. Além do Youtube, o acesso através do aplicativo FIFA Plus também foi algo inédito, demonstrando a disseminação de mídias para ter acesso a jogos de futebol, não se limitando apenas à TV.

Mas essa tendência já estava por acontecer. Antes mesmo da Copa do Mundo, vários canais e plataformas de Streaming já transmitiam jogos.

Copa do Brasil na Amazon

Muitos torcedores se depararam com uma novidade nos jogos da Copa do Brasil do ano de 2022 quando muitos jogos não foram tradicionalmente transmitidos somente pelo Grupo Globo. Para atrair o público jovem, que gosta de esporte e streaming, a Amazon começou a transmitir os jogos da Copa do Brasil pelo Prime Vídeo. Buscando uma conexão com o público jovem, algumas narrações são feitas pelo narrador Tiago Leifert, com comentários de um ex-jogador de cada clube.

Além disso, os comerciais do meio e de intervalo do jogo são relacionados aos produtos da Amazon. Um exemplo claro pode ser observado, quando o produto Alexa anuncia o gol de partida paralela no canto da tela. Assim, a marca consegue se fixar cada vez na mente dos consumidores, para gerar uma lembrança da marca na hora da compra. Segundo o colunista Flávio Rico, já existe um acordo para as transmissões dos jogos da Copa do Brasil de 2023. O Grupo Globo ficaria com as transmissões da TV aberta e pay-per-view e a Amazon com as transmissões via streaming.

Libertadores e Sul-americana no streaming

Uma das novidades na transmissão das últimas edições da Libertadores é o fato da competição ser transmitida pelo SBT. Por muitos anos, a competição era transmitida somente pelo Grupo Globo na TV aberta, mas nos últimos anos isso mudou. Além da TV aberta, a Libertadores e a Sul-Americana sempre foram transmitidas pela ESPN e Fox (antes da fusão do grupo Disney), respectivamente. Em setembro de 2020 a Conmebol lançou a Conmebol TV que transmitia jogos também pelo Facebook, canal oficial das competições sul-americanas, uma parceria com o BandSports. Contudo, o canal está prestes a encerrar porque em 2023 a Sul-Americana voltará a TV aberta, através do SBT. Enquanto a Libertadores voltará a ser transmitida pelo Grupo Globo na TV aberta.

Democratização do acesso

Visando atrair a audiência e interesse dos jovens em seus campeonatos, a CBF e a Conmebol seguem realizando transmissões descontraídas, tornando o jogo mais atrativo para esse tipo de público. Entretanto, é importante não se desconectar do público, que está acostumado com as maneiras tradicionais de transmissão. Recentemente, uma matéria da BBC  publicou um alerta sobre  o tema. O futebol via streaming tornou-se uma dificuldade para muitos idosos, porém quem frequenta as redes sociais sabe que isso não virou uma questão somente para os idosos uma vez que outros torcedores de outras faixas etárias também já reclamaram.

É fato que era simples e fácil encontrar partidas de futebol para assistir na televisão, ainda que na maioria dos canais pagos fosse necessário investimento financeiro por parte dos torcedores. Podemos chegar a conclusão de que é muito importante ter uma variedade de possibilidades de transmissões. Porém, não se pode esquecer ou dificultar o acesso dos torcedores mais velhos aos jogos. A realidade é que os meios digitais chegam para ficar e em breve vão se tornar rotineiro a todas as idades que consomem o futebol.